Uma jovem de 18 anos foi encontrada morta na madrugada de domingo (22), no distrito de Cumuruxatiba, que pertence ao município de Prado, no extremo sul da Bahia. As informações são da Polícia Civil.

Segundo a polícia, o corpo da vítima, identificada como Erika Rodrigues Batista, apresentava sinais de estrangulamento. Ela acampava com o namorado e outros dois casais na praia do Peixe Grande. Segundo o namorado, Jonatas Rocha, eles estavam jogando e bebendo no acampamento.

Durante a madrugada, ele foi dormir em uma barraca, enquanto Erika ficou conversando com o restante do grupo. Momentos depois, ele sentiu falta da jovem e saiu, junto com o grupo, para procurar a vítima. Foi quando eles encontraram a jovem já sem vida.

Erika Rodrigues Batista, de 18 anos, foi encontrada morta no extremo sul da Bahia — Foto: Arquivo pessoal

De acordo com informações da 8ª Coordenadoria Regional do Interior (8ª Coorpin), o corpo da vítima tem indícios de um possível estupro. Ainda segundo a 8ª Coorpin, uma amiga de Erika relatou que elas tinham saído para passear, por volta das 1h da madrugada, mas as duas se desencontraram.

O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Teixeira de Freitas, cidade vizinha à Prado, e foi liberado na tarde de domingo. O enterro dela será na tarde desta segunda-feira (23), também em Teixeira de Freitas, cidade onde ela morava.

Segundo a Polícia Civil, ainda não há informações sobre autoria e motivação do crime. O caso será investigado pela Delegacia Territorial de Prado.

Fonte: G1 Bahia / TV Santa Cruz

Postagem Anterior Próxima Postagem