Foto: Divulgação

 

 As eleições estaduais de 2022 começam a tomar novos rumos, seguindo a aliança do 'PP Nacional', após romper com o Governador Rui Costa, o Deputado Estadual Robinho deve apoia grupo de Bolsonaro. O anúncio do rompimento de Robinho com Rui Costa se deu após o deputado ver todos seus CARGOS COMISSIONADO serem exonerados após defesa de Robinho ao colega deputado Paulo Câmara (PSDB).

 

Entenda o Caso

 

O 'Divorcio Político' entre Robinho e Rui se deu quando o deputado defender o colega Paulo Câmara logo após Rui Costa 'sugeriu' que a ALBA - Assembléia Legislativa da Bahia deveria interpelar o deputado no Conselho de Ética e Decoro Parlamenta. O pedido de Rui Costa aconteceu após o deputado do PSDB criticar o governador por excessivos e abusivos aumentos de combustíveis na tentativa de colocar  'na conta' de Bolsonaro a culpa pelos preços dos combustíveis no estado

 

Robinho 'abre o bico'

 

Robinho disse que há três anos o governador Rui Costa não paga as emendas impositivas que os deputados tem direito  “Há muito tempo tenho tentado uma audiência com o governo para falar dos assuntos, problemas da região mas o governo não atende, ele não faz agenda, não atende os deputados e quando o faz, ele atende 20, 30 deputados de uma só vez, não dá para focar no problema que você quer direcionar” falou o deputado.

“O marketing “Rui Correria”  é correr dos problemas, ele sai todo dia, ele vai no interior, vai numa cidade, vai em outra, cada cidade é festa, cada prefeito que mostrar sua força, leva prefeitos vizinhos, leva pessoas, chega lá é festa, ninguém consegue falar como governador” Robinho.

 Outro problema relatado por Robinho é a quebra de braço entre o Governo Federal com o Governo do Estado, quanto o aumento no preço da gasolina. Alvo de muitas críticas nas redes sociais, o governo da Bahia é acusado de aumento abusivo no ICMS nos preços dos combustíveis.

"O que o governo Rui Costa está fazendo na hora que a Petrobrás dá um aumento? Eles, os governos que são contra o presidente, aplicam sobretaxas e o aumento fica acima do que a Petrobrás coloca, porque isso, segundo o pensamento destes governadores,  na cabeça do povo, o combustível é do governo federal, é hoje, 45% do valor que a pessoa paga na bomba e no gás de cozinha vai para o governo do estado, Rui não aceita as verdades ditas pelo deputado Paulo Câmara, o qual está questionando esse assunto”.

Robinho também disse quem um jornalista o perguntou sobre sua posição ao pedido de Rui Costa em sugerir abertura  de investigação na Comissão de Ética contra Paulo Câmara, ele deu a seguinte resposta. "Se for para abrir uma Comissão de Ética para o deputado que tá falando a verdade,  a gente vai ter que abrir uma CPI para o governador que tem três anos que não paga as emendas impositivas e outra  CPI para investigar os 49 milhões da compra dos respiradores que não foram entregues”, destacou Robinho.

 

Irritado com as críticas do deputado Robinho, o governo do estado em represália publicou no Diário Oficial do Estado deste sábado (21), a exoneração de todos os cargos comissionados indicados por Robinho. O deputado do PP também afirmou que o governo Rui Costa (PT) é um governo de muita propaganda e pouco trabalho.

"Em Salvador, podemos ver em vários lugares, outdoors enaltecendo obras do governo, mas a realidade é bem outra, o governador fica propagando vacinas quando na verdade é o governo federal que banca, o governo da Bahia ficou vários meses propagando a vacina Sputnik mais até hoje o baiano não viu nenhuma vacina que não seja do governo federal”. 

Robinho é casado com a prefeita Luciana Machado de Nova Viçosa e está no seu segundo mandato como deputado estadual, o parlamentar  disse que sua decisão é irreversível e ainda não tomou nenhuma decisão quanto a seu futuro político. Com a saída de Robinho, vários municípios devem acompanhar o deputado nas eleições 2022 contra Rui Costa.

 

 Fonte: Imprensa Na Net / Por: Gutembeeg Stolze

Postagem Anterior Próxima Postagem