Foto: Reprodução Blog do Edyy

Na manhã desta quinta-feira (29), o prefeito de Itarantim, no sudoeste da Bahia, Fábio Gusmão, recebeu o comando da Polícia Militar em seu Gabinete. O objetivo do encontro, unir forças e montar uma estrutura, ação conjunta entre Prefeitura e Estado, para resolver o grave problema de animais na rodovia, BA-270, que liga os municípios de Itarantim/Potiraguá, Itarantim/Maiquinique.

Foto: Reprodução Blog do Edyy

Estiveram presentes na reunião, o Capitão Davi, Sub Comandante da 8ª Companhia Independente da Polícia Militar de Itapetinga; o Tenente Nízara, Comandante do 5º Pelotão da Polícia Militar; Cabo Ivan; Capitão Arlindo e Dr. Rodrigo Faustino, Procurador Geral do Município de Itarantim.

Na oportunidade, foram firmados acordos que visam uma ação conjunta entre os Municípios de Itarantim e Potiraguá com a Polícia Militar, visando solucionar o grave e antigo problema de animais soltos na rodovia BA-270. Esta parceria se faz urgente por conta dos reincidentes acidentes nesta via, causados por animais soltos na pista.

Segundo o Cap. Davi, Sub Comandante da 8ª Companhia Independente da Polícia Militar de Itapetinga, a solução para o problema, embora se trate de uma via estadual, requer uma parceria e apoio das prefeituras locais:

“Estamos prontos para proteger e servir a comunidade baiana em todos os sentidos. Nossos agentes estão à disposição para fazer o recolhimento destes animais que têm causado tantos prejuízos e dor a tantas pessoas. Porém, precisamos de um apoio logístico e espaço adequado para onde possamos levar os animais apreendidos. Daí a importância dessa parceria com os municípios.” disse, Cap. Davi.

A prefeitura de Itarantim, através do prefeito, Fábio Gusmão, garantiu total apoio e efetivo investimento, financeiro, técnico e logístico, para que esta parceira seja firmada e colocada em prática o mais breve possível:

“Embora as rodovias sejam estaduais, são nossos conterrâneos que têm sofrido com este problema de animais na pista. Não podemos permitir que mais vidas sejam tiradas de nós de forma tão trágica, por conta de um problema que pode ser solucionado. Estamos aqui com os agentes militares e com Dr. Rodrigo, Procurador Geral do Município, para analisarmos todas as vias legais para apreensão destes animais, bem como as penalidades a serem aplicadas aos seus proprietários. Vamos investir todos os esforços para resolver esta questão. Para isso, contamos também com a participação da comunidade e, principalmente, com o bom senso e responsabilidade dos criadores que têm negligenciado o cuidado com seu rebanho.” declarou, Fábio Gusmão.

Após a firmação desta parceira, novos passos serão necessários, como análise de Lei Orgânica do Município; do Código de Contudo Municipal; a disponibilização do espaço para retenção dos animais apreendidos; logística móvel e pessoal para o recolhimento dos animais e análise das penalidades que poderão ser aplicadas aos proprietários que negligenciarem seus rebanhos.

Fonte: Blog do Edyy

Postagem Anterior Próxima Postagem