A estrela do goleiro Rodrigo Calaça brilhou intensamente na classificação da Juazeirense às oitavas de final da Copa do Brasil na noite desta quarta-feira (9). Ele defendeu duas cobranças do Cruzeiro ajudando o Cancão de Fogo a vencer a disputa de pênaltis por 3 a 2, após a vitória por 1 a 0 no tempo regulamentar do jogo de volta da terceira fase, no Estádio Adauto Moraes. O jogador exaltou o feito do clube baiano que, ao lado do ABC, são os únicos na Série D do Brasileiro que estão garantidos, neste momento, na próxima fase que terá 16 classificados.

Foto: Adolfo Júnior / Juazeirense

"Não é fácil jogar em time de menor expressão enfrentando grandes equipes. Nós enfrentamos o Sport, Volta Redonda que é Série C, e agora o Cruzeiro, que infelizmente está nessa situação, mas é time grande, tem camisa, tem história, é o maior vencedor da Copa do Brasil. Hoje, graças a Deus, fomos honrados mais uma vez e conseguimos mais essa classificação. Entre os 16 clubes do Brasil, um dos únicos que é Série D é a Juazeirense. Estamos fazendo história", declarou na entrevista ao SporTV.

O ABC se classificou às oitavas de final ao eliminar a Chapecoense. Já Cianorte, 4 de Julho e Boavista foram eliminados nesta terceira fase, respectivamente para Santos, São Paulo e Vasco.

Enquanto aguarda o sorteio que vai definir seu próximo adversário na Copa do Brasil, a Juazeirense volta a focar na Série D. O Cancão de Fogo recebe o ASA, novamente no Adautão, no domingo (13), às 16h, pela segunda rodada do Grupo A4.

Fonte: Bahia Noticias

Postagem Anterior Próxima Postagem