Uma ação visando combater crimes contra a fauna, criação ilegal e o tráfico de animais apreendeu 130 animais silvestres no domingo (11), em Paulo Afonso, na região de Itaparica.  

Foto: Divulgação PRF

A operação, que contou com agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA), ICMBio, Ministério Público da Bahia (MP-BA) e ONG Animalia, resgatou as aves aprisionadas em gaiolas sujas, bem como apetrechos como sacolas para esconder os pássaros e armadilhas. 

Os responsáveis pela criação e aprisionamento ilegal foram identificados e cada um, assinou o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e responderão na Justiça Criminal por suas condutas praticadas contra o meio ambiente. O INEMA aplicou multas e sanções administrativas.

De acordo com a PRF, as aves foram encaminhadas aos cuidados do CETAS onde foram triados, alimentados e tratados por equipes de veterinários, biólogos e demais profissionais capacitados. Alguns dos animais tinham condições de serem reinseridos na natureza e foram soltos em seus habitats ainda durante a operação. Já outros pássaros  precisaram de maiores cuidados veterinários.

Fonte: Bahia Noticias

Postagem Anterior Próxima Postagem