Foto: Reprodução

O governador Rui Costa (PT) anunciou, na noite desta terça-feira (23), a retomada das atividades escolares na rede estadual de ensino. Segundo o anúncio as aulas iniciam no dia 15 de março de forma remota e baseando-se nos índices sanitários da Covid-19 na Bahia irá, de forma faseada, adotando modelo híbrido até a possível transição para a retomada presencial. 

“Não aceitaremos aglomeração nas escolas. Temos que trabalhar, até dezembro de 2021, 1500 horas de atividades escolares. Trabalharemos atividades do caderno pedagógico, dos livros. Trabalharemos remotamente, não necessariamente virtual”, destacou o secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues, presente em estúdio de transmissão do programa online. 

Em 1 de março os professores começarão a ser convocados para formação, capacitação e atividades de planejamento. Segundo o secretário, os estudantes que tiverem acesso à internet utilizarão as salas virtuais da plataforma Google. Já os estudantes que não possuem de internet em casa, poderá pegar material físico nas escolas e também utilizar a sede escolar para baixar material digital utilizando banda larga disponibilizada pela escola. também será aberto umcanal ligado a TVE Bahia, que contará com conteúdo integralmente educativo. 

A matrícula dos estudantes que já fazem parte da rede estadual de ensino será automática, ou seja, não será preciso se dirigir às unidades escolares ou fazer qualquer tipo de atualização cadastral via internet. Para os estudantes que irão ingressar na rede estadual, um calendário específico está em fase elaboração e será divulgado em breve. “Nós vamos disponibilizar canais de comunicação com a escola, com a Secretaria, com a Ouvidoria, para tranquilizar os pais sobre a matrícula”, acrescentou Jerônimo. 

De acordo com a Secretaria da Educação, foram selecionadas plataformas digitais qualificadas, cadernos de conteúdo e livros didáticos para garantir o ensino e a aprendizagem na primeira fase do ano letivo. “Nós continuaremos usando a TVE, agora com um canal específico, o Educa Bahia, para que a gente possa deixar permanente, durante todo o dia, as atividades programadas de educação e as lives que nós achamos importantes”, completou o secretário.

Fonte: Bahia Notícias

Postagem Anterior Próxima Postagem