(Foto: JHONY PINHO/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO)

A taça da Copa do Nordeste seguirá em Fortaleza por mais um ano, mas desta vez com fitas coloridas em preto e branco. Na noite desta terça-feira (04), o Ceará venceu o Bahia pelo placar de 1 a 0, no estádio de Pituaçu, em Salvador, e conquistou, de forma invicta, o troféu da edição 2020 do regional. Cléber, que já havia balançado as redes no jogo de ida, marcou o único gol da partida e deixou a partida como um dos protagonistas do título alvinegro.

Em 2015, quando foi campeão pela primeira vez da Copa do Nordeste, o Vozão também bateu o Bahia na final. Assim como na edição 2020, o Ceará ganhou as duas partidas da final de cinco anos atrás. Ricardinho, Samuel Xavier e Wescley estavam naquela decisão e conquistam, portanto, o bicampeonato regional com a camisa alvinegra.

Contratado junto ao Barbalha, Cléber era reserva do Ceará até as quartas de final da Copa do Nordeste, quando precisou substituir Rafael Sóbis, machucado. O atacante de 23 anos assumiu a responsabilidade e se tornou uma das principais figuras do time na conquista do regional. Além de brigar muito na frente e ajudar a pressionar a saída de bola adversária, ele marcou dois gols nos jogos da final do torneio.

Fonte: GloboEsporte.com 
Postagem Anterior Próxima Postagem