Um homem apontado pela polícia como suspeito de matar um rapaz na segunda-feira (14), dentro de uma bar do distrito de Posto da Mata, em Nova Viçosa, cidade do sul da Bahia, foi preso na sexta-feira (18), durante operação policial.


De acordo com a delegacia de Nova Viçosa, os policiais fizeram um cerco no esconderijo do suspeito, identificado como Weslen Pires Costa, de 27 anos, o renderam e efetuaram a prisão. Ele estava escondido em uma casa de Posto de Mata.

No imóvel, a polícia encontrou uma pistola calibre 380 (numeração suprimida), carregada com 15 balas, além de mais nove projéteis dentro de um pequeno saco plastico. Foram também encontrados uma quantidade de maconha, R$ 31 em espécie e dois aparelhos celulares. Todo o material foi apreendido.

Segundo a polícia, Weslen alegou que matou Juliano caldeira Soares porque estava sendo ameaçado por ele. À polícia, o suspeito contou que, para isso, foi até uma cidade do Espírito Santo, onde adquiriu a arma, e retornou até Posto da Mata para matar Juliano.

O suspeito ainda disse que a vítima traficava drogas e que sabia que ela estaria no bar localizado na Rua São Paulo, bairro Cajueiro, em Posto da Mata. Por volta das 17h30 de segunda-feira, ele então foi até o local e cometeu o crime.

Weslen foi autuado em flagrante por porte de armas e posse de drogas. Ele encontra-se preso, à disposição da Justiça.


Fonte: G1 Bahia 
Postagem Anterior Próxima Postagem