Em um desdobramento da Lava Jato, o ex-ministro Moreira Franco foi preso no Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (21). O pedido de prisão foi feito pelo juiz Marcelo Bretas. A defesa dele divulgou uma nota manifestando "inconformidade com o decreto de prisão cautelar". 
"Ele encontra-se em lugar sabido, manifestou estar à disposição nas investigações em curso, prestou depoimentos e se defendeu por escrito quando necessário. Causa estranheza o decreto de prisão vir de juiz de direito cuja competência não se encontra ainda firmada, em procedimento desconhecido até aqui”, diz o texto.

Fonte  : Itapebi Acontece 
Postagem Anterior Próxima Postagem