O Vasco manteve os 100% de aproveitamento na Taça Guanabara ao vencer a Portuguesa por 1 a 0, na tarde desta quarta, em Moça Bonita, e se classificou para a semifinal. O jogo, que marcou a estreia de Bruno César e foi disputado sob um calor de 40º, acabou decidido em um pênalti duvidoso convertido por Pikachu.
Foto: Reprodução/TwitterVasco no aquecimento
Vasco no aquecimento
Na próxima rodada, o Vasco enfrenta o Fluminense, às 19h, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. No mesmo dia e horário, a Portuguesa visita o Volta Redonda, no Raulino de Oliveira.
O primeiro gol do Vasco saiu de um pênalti muito contestado pelos jogadores da Portuguesa. Comentarista do Premiere, Paulo César de Oliveira disse que o árbitro errou. 
Aos 41 do segundo tempo, Fabinho aproveitou um cruzamento pela direita e mandou uma bicicleta. A bola bateu no chão e raspou na trave de Fernando Miguel.
O Vasco começou melhor o jogo e controlava a posse de bola, mas, com o forte calor em Bangu, não forçava muito as bolas longas e apostava nos toques curtos. O primeiro gol saiu logo aos 16. Após uma jogada na entrada da área, a bola bateu no braço do zagueiro da Portuguesa, e o juiz marcou pênalti. Pikachu cobrou com categoria e fez. O grande destaque do segundo tempo foi a estreia de Bruno César, que se movimentou bem e ganhou ritmo de jogo para o clássico.
Fonte: Globo Esporte 
Postagem Anterior Próxima Postagem