A procura dos eleitores pelo recadastramento biométrico está baixo do esperado em Itapebi, município do extremo Sul Baiano. O município é um dos domicílios eleitorais que ainda não tinha e está adotando a identificação biométrica para as próximas eleições. 


O recadastramento iniciou no mês de março e vai até 31 de Janeiro de 2018, até esta data, 13 de Setembro, de acordo com o Eduardo Oliveira responsável pela biometria no município, apenas pouco mais de 28 % dos eleitores já procuraram o TRE para efetuar a troca do título pelo cadastro biométrico. Isso significa que muitos eleitores podem ter seu título cancelado e ficarem impedidos de votar nas eleições do próximo ano.


“Além da impossibilidade de exercer seu poder de cidadão através do voto, o cancelamento do título pode acarretar outras consequências como a perda de benefícios sociais como Bolsa Família, previdência social ou contratação em empregos. Por isso, o TRE insiste na importância de procurar o cartório eleitoral, - em Itapebi o SAC, o quanto antes para fazer essa regularização. Muitos eleitores deixam para o último dia e acabam enfrentando filas enormes e longas horas de espera”, alerta o TRE.


Biometria É um método automático de reconhecimento individual baseado em medidas biológicas e características comportamentais. O uso de ferramentas biométricas proporciona aos sistemas de segurança total confiabilidade. 


A urna eletrônica terá um sistema para identificação por meio da impressão digital, habilitando-a para o voto após o reconhecimento do eleitor. Para que sejam colhidas as digitais, os eleitores devem se recadastrar biometricamente, ou seja, devem comparecer aos seus cartórios eleitorais para registro das impressões dos dedos da mão e para uma fotografia digitalizada. Todos os eleitores de Itapebi e adjacências devem comparecer ao SAC para o recadastramento biométrico do Titulo de eleitor, o serviço é prestado à população de segunda a sexta das 07h às 17h, os documentos necessários para o cadastro são: 1 Copia do RG e CPF, 1 Copia do comprovante de residência e oTitulo de eleitor original. 


O cadastro é realizado em poucos minutos, o novo sistema captura foto do Eleitor além da biometria (coleta das digitais) Além do recadastramento também se tira a primeira via do Titulo a partir de 16 anos. Para maiores esclarecimentos procurar o Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) de Itapebi.

A aposentada Maria Regina de Jesus residente no centro de Itapebi, disse que estava fazendo seu recadastramento porque gosta de votar e eleger seus escolhidos e que irá fazer isso enquanto estiver andando e enxergando, pois gosta de exercer seu dever cívico. 


Itapebi na última Eleição tinha um número de 8413 e até o momento no SAC da cidade foram somente recadastrados no novo sistema 2384 eleitores. 


Por : Flávio Notícias 

Fonte : ItapebiAcontece.com 

Fotos : Arnaldo Alves / ItapebiAcontece


Postagem Anterior Próxima Postagem