(Professores fecham trecho da BR-101, no sul da bahia — Foto: Arquivo pessoal)

Uma manifestação de professores fechou um trecho da BR-101, na região de Eunápolis, sul da Bahia. O protesto, segundo eles, foi contra a demissão de 400 profissionais da educação da rede municipal de Eunápolis.

De acordo com a categoria, a demissão inclui professores e profissionais de apoio, como merendeiras, vigilantes, auxiliares de classe, entre outros.

O grupo fechou trecho da rodovia com pneus queimados. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o protesto aconteceu no trevo que liga a BR-101 com a BR-367.

Ainda segundo a categoria, os trabalhadores querem uma audiência com o prefeito.

Em nota, a Prefeitura de Eunápolis disse que "devido à queda substancial de arrecadação em razão da pandemia da Covid-19, com redução de mais de R$ 3,5 milhões nos repasses do FUNDEB e previsão de redução de cerca de R$ 38 milhões nas arrecadações gerais em 2020, se fez necessário adotar medidas que visam o equilíbrio das contas públicas e a manutenção dos serviços essenciais".

Segundo a prefeitura, "com isso, os profissionais da educação contratados no início do ano, em regime temporário, para atuarem nas escolas, mas que devido à ausência de aulas, não encontram-se em exercício da função, tiveram seus contratos rescindidos".

De acordo com a prefeitura, para dar assistência aos profissionais demitidos, a gestão municipal encaminhou à Câmara de Vereadores um projeto de Lei para pagamento de auxílio emergencial no valor de R$ 600. A prefeitura informou, ainda, que assim que as aulas forem retomadas, estes profissionais vão ser readmitidos, respeitando o prazo do edital de seus processos seletivos.

Fonte: G1 Bahia 
Postagem Anterior Próxima Postagem