(Foto: VIA41)
Aos policiais, o condutor disse que comprou a S10 mediante negociação em um site de compra e venda pelo valor de 50.000 reais.

A Polícia Rodoviária Federal realizava policiamento ostensivo, na tarde da última segunda-feira (20), no km 676 da BR 101, trecho do município de Itagimirim no Sul da Bahia, quando flagrou o condutor de um Chevrolet/ S10, realizando ultrapassagem proibida.

Inicialmente, foram solicitados os documentos do veículo e do condutor, quando em uma verificação minuciosa no automóvel, a equipe identificou indícios de adulterações nos elementos identificadores (motor/chassi).

Com técnicas de análise criminal, os PRFs descobriram que a S10 era clonada, emplacada originalmente em Vila Velha (ES), e que havia sido roubada em dezembro/2019.

Para tentar “escapar” de fiscalizações da polícia, o automóvel utilizava placas de uma outra caminhonete idêntica, emplacada em Iaçu (BA).
(Foto: Divulgação / PRF)

Questionado, o condutor de 38 anos, disse que adquiriu o veículo mediante negociação em um site de compra e venda da internet. Informou que pagou 50.000 reais e retirou o carro há cerca de uma semana na cidade de Feira de Santana.

O veículo apreendido e o motorista foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil, em Eunápolis, para os procedimentos cabíveis. Inicialmente, ele responderá pelo crime previsto no artigo 180 do Código Penal.

O combate às fraudes veiculares é uma das áreas de atuação ordinária da PRF e ações pontuais são realizadas sempre que se constata uma maior incidência desse tipo de crime em determinadas regiões do país.
 
Fonte: Via41 
Postagem Anterior Próxima Postagem