(Foto: Reprodução Itapebi Acontece)

De todos os serviços afetados e com dispensa, o de saúde se mantém com a atuação de quase todos os profissionais nas Unidades Básicas de Saúde, Hospitais, PSFs e serviços de emergência. Os nossos guerreiros não vestem capas ou têm superpoderes. Pelo contrário: eles usam capotes, jalecos brancos e, até mesmo, sacos de lixo e trabalham, silenciosamente, mas com muita dedicação, para garantir e resguardar a vida de tantas e tantas pessoas. E isso nos lembra de há uns 60 dias, o convite feito pelo Papa Francisco: “olhem para os verdadeiros heróis que vêm à luz nestes dias. Não são aqueles que têm fama, dinheiro e sucesso, mas aqueles que se oferecem para servir os outros.”.
(Foto: Reprodução Itapebi Acontece)
Enfrentamos uma das piores crises da história. O inimigo agora é invisível a olho nú: é um vírus milimétrico que chegou de repente em nossas vidas e alterou planos, sonhos, projetos, funcionamento do comércio e mudou a rotina de milhões de pessoas. O novo coronavírus, causador da doença Covid-19 (uma referência aos nomes corona, vírus, doença e ao ano de sua descoberta), é rápido, forte e altamente letal em grupos de risco como pessoas idosas ou com comorbidades.
(Foto: Reprodução Itapebi Acontece)
Para garantir a recuperação e o bem estar desse imenso público, principalmente em nossa pequena Itapebi, um grupo de pessoas está na linha de frente dessa guerra: são esses soldados da saúde que quando necessário, dia e noite, dobram plantões para salvar a vida das pessoas com a Covid-19 aqui em nosso município.
Médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, motoristas de ambulâncias, socorristas do SAMU-192, agentes comunitários de saúde e outros tantos profissionais que estão em zona de combate, expondo as próprias vidas em nome da saúde alheia. São pessoas dessas que abriram mão do próprio convívio familiar para amparar o bem estar daqueles que estão em estado mais crítico.
E eles fazem de tudo, de tudo mesmo!  Esses combatentes se viram como podem, em hospitais sem recursos, sem estrutura e sem condições mínimas para oferecer os insumos básicos de segurança.
E o que falar daqueles profissionais que, embora não sejam da área da Saúde, mas trabalham para garantir a boa gestão como Prefeitos, secretários de outras pastas, (Secretários de saúde e administradores hospitalares principalmente), a limpeza dos hospitais (faxineiros), o atendimento (recepcionistas), a segurança (vigilantes), entre outros. Todos eles estão nessa guerra contra a Covid-19 para evitar que eu, você, nossas famílias e mais amigos sejam as próximas vítimas dessa doença miserável.
(Foto: Reprodução Itapebi Acontece)
Portanto, obrigado a você médico, enfermeiro, técnico, Agentes comunitários de saúde,  de endemias e tantos outros profissionais de saúde por renunciarem a própria vida para servir o próximo virando noites, dobrando turnos, por essa entrega total. Não é fácil e é até difícil imaginar a batalha e as dores de quem estão à frente de uma verdadeira zona de guerra.
Mas vai passar e, quando acabar, vamos sair dessa crise mais forte e, sobretudo, mais humana. Em meio a tudo isso, a única forma conhecida, até o momento, de mitigar o avanço dessa pandemia é: SE PUDER ITAPEBIENSE CONTINUE A FICAR EM CASA.
A todos os profissionais de saúde, principalmente os nossos itapebienses, a nossa eterna gratidão.
Fonte: Itapebi Acontece 
Postagem Anterior Próxima Postagem