(Foto : Reprodução / ItapebiAcontece )

Moradores da cidade histórica “Cidade Baixa” em Itapebi, cidade do extremo sul Baiano ficaram quase 30 horas sem energia elétrica neste final de semana, sábado e domingo dias 8 e 9 de dezembro.  Situação que gerou prejuízo para muitas pessoas, principalmente para os comerciantes do local. Segundo os moradores, a falta de energia começou pouco depois das 13 horas e o abastecimento só voltou, 29 horas depois. Entretanto, o serviço só foi reestabelecido por completo por volta das 22h. Pois por três ou quatro vezes a energia “vinha e voltava” causando inclusive danos a equipamentos eletro eletrônicos.


Ficar no escuro trouxe prejuízos e medo aos moradores na parte da noite de sábado.  O "apagão" foi no inicio da tarde de sábado e pegou todo mundo de surpresa, pois na parte da manhã havia acontecido os festejos em homenagem ao dia da padroeira, Nossa Senhora da Conceição e na cidade histórica havia ainda muitas pessoas que participaram da procissão e permaneciam em um local que fora servido almoço aos fiéis.
O site ItapebiAcontece ficou sem poder postar as matérias dos acontecimentos devido a falta de energia, e internet, com isso somente na madrugada de segunda-feira (10), pôde ser atualizado.


A situação ficou complicada durante a noite, quando as pessoas não conseguiam enxergar nada por conta da escuridão. Era perigoso passar pelas ruas já que as pessoas tinham medo. A telefonia e internet também foram afetadas, pois as torres das concessionárias Claro e Oi são alimentadas por energia elétrica e quando falta, as baterias de emergência duram poucos minutos.

A cidade baixa em Itapebi de uma hora para outra voltou a meados do século passado quando não havia energia elétrica nem na região.
Pessoas adeptas ao celular para comunicação via redes sociais ficaram totalmente estressadas, pois além da falta da comunicação via telefone, também não contavam nem com a televisão.


De acordo com as informações da concessionária do fornecimento de energia elétrica, Coelba, o problema aconteceu devido uma árvore ter caído sobre a rede de transmissão para áreas da zona rural numa fazenda chamada córrego das garrafas e a sobrecarga fez com que alguns fios da rede de transmissão de energia da subestação para a cidade baixa não resistissem e partiram em local de difícil acesso e que tiveram que ser usados equipamentos de outros municípios para o conserto.


Já um técnico em eletrificação na cidade disse; “Se eles quisessem, teriam interrompido a transmissão para a região do córrego das garrafas nas chaves conhecidas como “canelas” e repararia a rede de acesso da cidade histórica e a energia seria restabelecida em poucas horas”.

Fonte : Itapebi Acontece 
Postagem Anterior Próxima Postagem