A quarta-feira, 17, em Belmonte, foi marcada por ruidoso e ordeiro protesto de professores e professoras da rede pública municipal que ocuparam ruas da cidade em protesto contra salários atrasados, conforme informação da APLB/Sindicato.



Portando faixas, cartazes e gritando palavras de ordem a categoria exige respeito e o pagamento dos salários. Segundo o sindicato, o atraso aproxima-se dos sessenta dias sem que o prefeito dê as caras para cumprir esse dever institucional e sagrado.


Não apenas os trabalhadores da educação são atingidos com essa prevaricação do prefeito, mas, também, todo o comércio começa a sentir o baque no giro do dinheiro oriundo desse setor da administração pública.

O clamor do professorado ganha eco na imprensa regional a exemplo de importante emissora de rádio de canavieiras, que hoje fez duras criticas ao gestor de Belmonte e solidarizou-se com a categoria.
Não há informação sobre a posição da Câmara Municipal nesse contexto vergonhoso.

O prefeito é irmão do deputado e ex-prefeito de Porto Seguro, Jânio Natal.


Fonte : Itapebi Noticias 
Postagem Anterior Próxima Postagem