O dilúvio que caiu sobre Porto Alegre ao final do segundo jogo entre Grêmio e River Plate, na semifinal da Libertadores, parecia as lágrimas dos mais de 50 mil tricolores que foram à Arena na noite desta terça-feira(30). O sonho do tetra ficou pelo caminho. Endossado pelo uso da tecnologia, os argentinos viraram sobre os brasileiros e classificaram-se para a final. O VAR foi definitivo na partida, quando o árbitro Andrés Cunha consultou as imagens para conceder um pênalti aos argentinos aos 41 minutos do segundo tempo. E Pity Martínez saiu do banco para calar o estádio. O placar final ficou Grêmio 1 X 2 River Plate .

Fonte : Globo Esporte 
Postagem Anterior Próxima Postagem