O prefeito de Itabela Luciano Francisqueto foi vaiado por professores municipais, ao sair de uma coletiva de imprensa realizada na sala de licitações, no prédio da prefeitura.


(Foto: Bahiadiaadia )

Durante a coletiva onde vários veículos de comunicação de toda região estiveram presentes, o prefeito reafirmou que não pagará os 60% dos Precatórios do Fundef para os professores.


Representando o jurídico da prefeitura, Dr. Pitanga afirmou que o prefeito não tem obrigação em fazer o rateio dos 60% entre a categoria. Pitanga disse ainda que tem um parecer do MPF onde diz que o prefeito não é obrigado fazer o rateio mas, que todo recurso tem que ser aplicado diretamente na educação. 


Em frente ao prédio da prefeitura, um grupo de professores vestidos de preto, realizaram uma manifestação e quando o prefeito saiu da coletiva de imprensa foi vaiado pelos manifestantes. 


(Foto : Reprodução ) 

Nas redes sociais, vários comentários contra o prefeito Luciano foram postados por moradores de Itabela, que aparentemente não estão satisfeitos com a atual administração.


Fonte : Via41.com.br / Na direção da notícia 

Postagem Anterior Próxima Postagem