Em uma noite sem precedentes na história do Vasco, Alexandre Campello foi eleito, já na madrugada deste sábado, o novo presidente do clube para os próximos três anos. O médico ortopedista derrotou Julio Brant, candidato da chapa vencedora na eleição entre os sócios (pela primeira vez quem teve mais votos na primeira etapa da eleição cruz-maltina não confirmou o triunfo no Conselho Deliberativo). A votação terminou 154 a 88 para Campello.


Com Alexandre Campello, foram eleitos Eloy Ferreira de Araújo (primeiro vice-presidente geral) e Sônia Maria Andrade dos Santos (segunda vice). 


Quarto lugar nas pesquisas de intenção de voto para a eleição na Assembleia Geral, atrás de Eurico Miranda, Julio Brant e Fernando Horta, Campello se aliou a Brant a sete dias da votação, realizada no dia 7 de novembro do ano passado, em uma costura para ser o vice-presidente do candidato apoiado por Edmundo. Com os votos somados e a posterior desistência de Horta, Brant conseguiu derrotar Eurico Miranda.


A uma semana da eleição no Conselho Deliberativo, o médico sinalizou que romperia com Julio Brant, alegando falta de participação nas decisões da futura nova gestão. Com o apoio do grupo político de Eurico Miranda, que optou por não se candidatar à presidência, Campello conseguiu larga vitória.


Formado em 1985 na Faculdade de Medicina de Vassouras (RJ), passou a integrar o quadro médico do Vasco no ano seguinte. Trabalhou no Cruz-Maltino por mais de 20 anos, incluindo o período mais vitorioso da história do clube, de 1997 até 2000.


O resultado foi divulgado e seguido de vaias por parte de aliados de Julio Brant, que chamaram Campello de traidor, e também por protestos da torcida, cerca de 500 pessoas, no lado de fora da Sede Náutica da Lagoa, na Zona Sul da cidade.


Por :  Flávio Notícias com informações do Extra Online e do site do Vasco 
Postagem Anterior Próxima Postagem